6.

Lampejo intenso; que desfoca. Assim é o ódio!
Na caça, o gavião – e outros soberanos –
Não se põe diante da luz,
Dá-lhe as costas – também o homem da floresta.

O citadino, o do comércio, leva às ruas o rancor –
Cobre a cabeça ou faz dele sua armadura.
O ódio turva-lhe a razão,
Ao sabor da repugnância que na alma matura.

Incrédulo, desconsidera as roliças pedras
– Levadas, não pelo inimigo; pelo aliado –,
Que se espalham sobre o campo de batalha.
Ignora que combate a si próprio
– O inimigo que necessita amar.
O ódio turva-lhe a razão!

[Ari Donato | Salvador / 2021]

Um comentário em “6.

Deixe uma resposta para Laura Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s